GALERIO

A arte urbana tem cada vez mais conquistado seu espaço em museus, centros culturais e galerias de arte. Recentemente (16/06), a primeira galeria municipal de arte urbana do Rio abriu as portas, estive lá e hoje vou contar um pouco da minha percepção sobre o local.




A galeria foi estruturada em um casarão de 350 metros quadrados do século XIX na Rua São Clemente, em Botafogo. A princípio, minha impressão foi de que é bastante escondido, se você não tem acesso a informações sobre localização ou a divulgação desse ambiente, ele pode passar evidentemente despercebido, exceto pelo fato de que no jardim encontram-se mobiliários feitos com sucata pelo artista e designer Davi Rezende. Sim, chama atenção, porém as portas permanecem encostadas, dando a falsa sensação de que o casarão está fechado. Essa primeira exposição reuniu grandes nomes, são ao todo 17 representantes da arte de rua apresentando trabalhos que vão desde grafites à instalações, refletindo primorosamente o cotidiano carioca. Essa é uma grande conquista, em razão de que a arte urbana vem sendo esteriotipada por muitos como “marginalizada” e sequer digna de ser considerada arte, mas através de iniciativas como essa, expandindo a cena, é acessível à sociedade o valor socio-cultural desse tipo de trabalho e a riqueza que o mesmo apresenta.
Não fotografei muito porque particularmente eu acho que perde a graça você chegar ao local e não ter nenhuma novidade, visto que o acervo já está disponibilizado na web. Super incentivo uma visita a quem tiver oportunidade, a exposição está linda! O GaleRio fica na Rua São Clemente, 117, Botafogo. O espaço tem entrada gratuita e abre de segunda a sexta, das 10h às 18h.
+ Info

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *